Forma Física e Matriz Divina

O teu corpo, como é que tem estado? Sabe que, ao nível da nossa Essência espiritual, também transportamos uma referência matriz para o Corpo Físico.

Habitualmente essa imagem matricial apresenta-se com uma aparência entre os 20 e os 30 anos, não porque releve a juventude, mas sim como símbolo do corpo no seu esplendor. É essa a visão interior que muitas vezes intuímos do nosso corpo ideal, e pode nem corresponder à nossa forma física nessa idade.

A Matriz Divina do Corpo Físico, que é parte integrante do Corpo de Luz, acompanha-nos toda a vida e acomoda todas as actualizações no tempo. É válida para qualquer idade, e podemos plasmá-la ao nível da postura, forma, atitude, expressão, movimento, saúde, e inspiração de cores, materiais e design da nossa aparência e guarda-roupa. É ela que dá forma ao nosso impacto, carisma, presença, estética e radiação global.

Este vídeo é um excerto de uma sessão e respeita a privacidade, omitindo contextos particularizantes. Se lhe fizer sentido, adapte-o a si.

Em complemento, a Alma vai escolher encarnar numa determinada família cujos códigos genéticos também providenciam o melhor suporte para essa matriz física, que por seu turno é a que melhor serve a vida presente.

Quando estamos num processo consciente de evolução psico-espiritual, temos a oportunidade de fazer coincidir o mundo interior com o exterior, o Corpo com a Alma, e é assim que nos vamos transfigurando em quem somos, realmente.

Claro que, enquanto Seres Criadores, temos toda a liberdade para nos moldar e esculpir, desde que essa acção venha de um lugar alinhado, de paz e entusiasmo, e não como reacção e rejeição do que não queremos ou gostamos, ou pior, do que os outros não gostam ou a sociedade não premeia.

Quando, através de uma abordagem específica, acedemos a esse holograma ou imagem, é comum sentirmos uma espécie de revelação e relação familiar como essa visão interna, o que nos toca profundamente.

Quando assim é, podemo-nos perguntar: espera, mas então, quem eu sou fisicamente hoje, corresponde ou não a essa imagem? Depois, podemos querer activar procedimentos e/ou terapêuticas para moldarmos a nossa forma e energia, e pormo-nos de acordo com essa mesma matriz.

É tão diferente e mais refrescante abordar, deste lugar, um tema relacionado com a forma física, como por exemplo querer ser mais elegante ou mesmo emagrecer, do que do modo habitual. Não só o sentimento é muito melhor, como os resultados são muito mais eficazes, porque se trata de uma aproximação à Matriz Diniva do teu Corpo, e não ‘trabalhos forçados’ para corresponder a isto ou aquilo que seja moda ou referência colectiva.

Assumindo este exemplo, o de querer emagrecer, podemos ir identificar o que está na raiz dessa massa adiposa, que é adicional em relação ao que a tua imagem de referência te mostra. Ao fazermos um trabalho de compreensão e libertação do que a montante está a condicionar o corpo físico – seja numa 

abordagem espiritual ou numa via terapêutica de acesso ao subconsciente – vamos encontrar as causas, curar o trauma a libertar a energia. Depois, é muito mais fácil abraçar novas escolhas, acções e comportamentos.

Ainda, temos a certeza interna de que o objectivo de ter menos X quilos é o que nos corresponde realmente, por referência à nossa Matriz Divina que é única como tudo em nós, e não só porque podemos ter um conjunto de preferência egóicas ou ideias feitas.

Quando assim é, tudo flui com maior facilidade para que o corpo vá plasmando uma forma física muito mais próxima da sua referência original, portanto há muito menos resistência. A partir daqui, tudo o mais que se possa fazer ou mudar a nível físico – exercício, movimento, alimentação, etc – já acontece de um modo natural, estável e duradouro. Não é suposto sofremos para termos uma forma física coerente com a nossa Matriz Divina do Corpo Físico! : )

É importante perceber que, se a Alma nos facilita o acesso a essa informação matricial, é porque é importante manifestar coerência em todos os designados Corpos Inferiores, não só no Físico, mas também no Emocional e no Mental.

Agora, Fazer Acontecer de um modo alinhado só é possível quando a Alma e o Ego se põem de acordo. Não há como materializar de um modo consciente e harmónico sem que estes dois avancem de ‘braço dado’, digamos.

Mas então, como concretizar as nossas intenções a nível físico, e dentro de um prazo determinado, e ao mesmo tempo plasmar a imagem física espiritual?

Essa ideia da Matriz Divina não é muito abstracta? E se houver resistência do Ego, como fazer?

Como é que essa ponte entre o Ego e a Alma se manifesta num processo de materialização?

(ver mais no vídeo acima)

A Matriz Divina do Corpo Físico acompanha-nos toda a vida e acomoda todas as actualizações no tempo. É ela que dá forma ao nosso impacto, carisma, presença, estética e radiação global.

 (Anamar)

Se gosta deixe um coração e partilhe!

3 Comments

  1. Suzete

    Como sempre fabulosa. Eu ,por exemplo, nunca aceitei o meu corpo, quando era miúda era perfeita demais e tinha muita vergonha. Depois fiquei mais dentro daquilo que eu aceitava,certa vez fiz uma série de operações… todas elas desastrosas, hoje desisti dessa procura, apenas me limito a agradecer o meu corpo como veículo de estar aqui e preciso de saúde. Mas estou sempre em conflito com o que vejo ao espelho. Vou tentar perguntar á alma… grata🙏

    Reply
  2. Elsa

    A minha relação com o meu corpo nunca foi boa. Nunca gostei do que via/vejo ao espelho.
    Quando era mais nova, andava sempre de calças e blusas largas, para não se verem os contornos. Mais recentemente, passei a usar vestidos largos. Só que o problema dos vestidos é que se vê uma parte das pernas…
    Nunca tive cuidado com o corpo, tanto engordava como emagrecia. Como consequência, fiquei com o corpo com muitas, mesmo muitas estrias, o que ainda me faz detestar mais o que vejo.
    E vou ter que viver com este corpo, com a agravante de que, com o envelhecimento, ainda vai ser muito pior…

    Reply
    • Anamar

      Elsa, o nosso corpo tem a capacidade de mudar bastante como resposta à mudança interior que nutrimos e às novas acções alinhadas que implementamos. Claro que pode haver um desbloqueio a fazer, assuntos e memórias a resolver, traumas a transmutar, crenças a substituir etc, mas é possível! Nenhum de nós é impotente se escolher resgatar o seu poder! Cá estou se e quando decidir contactar, posso ajudar.

      Reply
Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

SOBRE MIM

Deixo-lhe aqui um pouco sobre mim.  O meu nome profissional é Anamar. Numa ‘outra vida’, há décadas atrás, fui famosa no campo da Música e das Artes do Espectáculo. Ao mesmo tempo ia investindo em formação noutras áreas que me fascinavam desde cedo: queria saber o que era isto do Ser Humano e como é que a Vida funciona. Acima de tudo, desde miúda, queria ‘ajudar a mudar o Mundo’, como tantas vezes dizia.

Comecei a dar consultas de Astrologia, Autoconhecimento e Evolução Espiritual em 1994. Depois, fui somando outras valências no campo da chamada ‘Nova Ciência’ ligada à Mente, bem como no da Espiritualidade Prática.

Sou desde há muito consultora, terapeuta, mentora e formadora ou, como prefiro dizer, uma catalisadora da mudança evolutiva nas pessoas e nos seus projectos.

Sou também uma apaixonada pelo mar, com Licença de Navegação e tudo! Profundamente indenpendente, gosto de amar sem fim e de abrir o coração à vida. A acompanha-me desde sempre, mesmo quando não a soube reconhecer. Aprender a usar o poder interno foi um dos meus grandes desafios e uma maravilhosa descoberta. Apaixonada sim, por muito, e pelo que faço em particular.

Chamo ANAMARNAVA ao meu trabalho. É um método de síntese de tudo o que aprendi e vivi, resultando num Sistema coeso e estruturado, mas sempre em evolução. Propõe uma via sólida e harmoniosa de evolução consciente ao serviço da autorealização das pessoas, numa arte de viver com alma e propósito, focada na criação de resultados concretos.

A espiritualidade livre deu-me um sentido à vida e abracei por inteiro uma identidade mais alinhada com a Fonte que me anima. Hoje, faço por honrar em mim a dignidade humana e a humildade divina.  Tenho uma personalidade forte e sou uma criadora de pontes, em especial entre o ego e a alma. Tenho dois lemas e, como sou bilingue, aqui ficam mesmo em Inglês: Live to Be & Walk the talk.

Dou sessões individuais e faço formação ao vivo e online, como cursos, seminários e worshops. Sou também palestrante e criadora de conteúdos físicos e virtuais, como livros e programas audiovisuais. Se quer saber mais clique aqui.

Ofereço-lhe uma breve conversa tranquila e sem compromisso. Descubra se, no seu caso, lhe posso ser útil.
Diga-me o seu horário preferencial para contacto e acrescente o que quiser!
Será contactada/o por mim, pessoalmente, dentro de 2 dias úteis.

CONTACTE-ME AQUI

VIVER COM ALMA, TRANSFORMAÇÃO E EVOLUÇÃO CONSCIENTE

Existe uma ponte entre a vanguarda da ciência e a espiritualidade prática, entre a mente e o coração, e entre o ego e a alma.

Não queremos só ser mais felizes e dar o maior bem aos outros e ao mundo, também queremos melhores resultados e uma vida com sentido.

Para isso é bom saber quem somos, de onde vimos e para onde vamos, e como criar conscientemente a realidade que mais nos corresponde aqui e agora.

ANAMARNAVA
Send this to a friend